Portal pede informações sobre homicídio de policial no Rio




Homens são suspeitos de envolvimento na morte do segurança do Secretário de Governo do Rio de Janeiro. Foto: Divulgação

O Portal dos Procurados divulgou nesta quarta-feira (13) cartaz para ajudar a Delegacia de Homicídios da Capital e ao Grupo de Pronta Resposta da Coordenadoria de Inteligência da Polícia Militar (GPRI) com informações que levem as prisões de Alexandre da Silva Santos, de 25 anos e Marcus Vinicius Nicolau Lopes, o Angolano, de 21 anos. Eles são suspeitos de envolvimento na morte do segurança do Secretário de Governo do Rio de Janeiro, em março de deste ano.

O segurança do Secretário de Governo e Relações Institucionais Cleyton Rodrigues, o 2º sargento da Polícia Militar Luis Felipe Pinto Rodrigues, foi assassinado na tarde do sábado (21), por volta das 16h, em Laranjeiras, Zona Sul do Rio.

No dia do crime, os bandidos trafegavam em um veiculo VW Polo, pela Rua Soares Cabral, quando emparelharam com o veiculo que estava estacionado, e que transportava o secretário, sua esposa, a filha do casal e o sargento.

Segundo informações do Portal dos Procurados, momentos antes, a menina havia sido levada pelo pai à casa da avó materna, enquanto sua esposa permaneceu no banco traseiro do veiculo. O PM, que acompanhara o Secretário até a portaria do edifício, estava aguardando seu retorno, na calçada, voltado para a via pública. De sua posição, assistiu aos criminosos e um dos comparsas, todos exibindo armas de fogo, desembarcando, cercando o carro oficial e fazendo a contenção armada da via, a fim de que ninguém pudesse impedir o roubo do veiculo,

Ainda segundo o Portal, neste momento, o Angolano, abriu a porta do carro e ocupou o banco do motorista, um comparsa não identificado fez a contenção e Alexandre fez menção de entrar pela porta dianteira esquerda, quando percebeu a presença do sargento. Diante da reação policial, que tentara sacar sua arma, Alexandre da Silva, efetuou disparo de arma de fogo contra o policial, o que acabou causando sua morte ainda no local.  

Alexandre ainda aproximou-se da vítima caída e roubou arma do policial militar. Angolano, percebendo a reação do policial militar e a presença da esposa do Secretário no banco traseiro do veículo a ser levado, desistiu do roubo, e junto com os coautores do crime, voltou ao VW Polo. O grupo criminoso fugiu do local, acessando o túnel Santa Bárbara – sentido Catumbi e levando consigo a arma de fogo usada pelo policial militar em serviço.

Diante dos fatos, e em decisão exarada pela Justiça, em conformidade com o pedido da Autoridade Policial o Delegado Titular Drº Daniel Rosas, da Delegacia de Homicídio da Capital – DH/Capital – foi expedido mandado de prisão, pela 20ª Vara Criminal da Capital, pelo crime de roubo qualificado com lesão corporal grave, com a decretação de Prisão Preventiva, com validade até 21 de março de 2040, contra os suspeitos Alexandre e Marcus Vinicius.

Luiz Felipe foi o 17º Agente de Segurança assassinado no Rio em 2020. Atualmente, esse número chega a 23, sendo 18 da PM, um da Polícia Federal, um do Bombeiro, dois da Marinha e um agente da SEAP.

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos assassinos do agente de segurança, pode denunciar pelos seguintes canais: Whatsapp Portal dos Procurados (21) 98849-6099; pelo Facebook, pelo mesa de atendimento do Disque-Denúncia (21) 2253-1177, ou pelo Aplicativo para celular – Disque Denúncia – . O Anonimato é garantido. 

Todas as denúncias sigilosas sobre o caso serão encaminhadas ao Grupo de Ação Conjunta (GAC) – formado pelo Núcleo de Investigação de Morte de Policiais da Delegacia de Homicídios da Capital (NIMP) e o Grupo de Pronta Resposta da Coordenadoria de Inteligência da PMERJ (GPRI) encarregadas do caso e que tem como prioridade prender os envolvidos na morte de agentes de segurança.

Publicada às 12h20



Arma de Fogo é na Falcão Bélico



Suporte via whatsapp!





O QUE É O GUIA DO ATIRADOR?

Definitivamente, tudo o que você precisa para tornar-se Atirador Desportivo! O Tiro Esportivo é um esporte fascinante. Com o Guia do Atirador, você terá um passo a passo para solicitar seu CR junto ao Exército Brasileiro sem necessidade de contratar despachantes caros.

Compre agora sua arma, sem precisar de despachante!

-
× Como posso te ajudar?